Codependência é a inabilidade de nutrir relacionamentos saudáveis

Codependência é a inabilidade de nutrir relacionamentos saudáveis

Codependência é a inabilidade de manter e nutrir relacionamentos saudáveis com os outros e consigo mesmo, através do respeito à individualidade aos limites. Nos relacionamentos codependentes não existe a discussão direta dos problemas, expressão aberta dos sentimentos e pensamentos, expectativas realistas, individualidade, confiança nos outros e em si mesmo, sendo a comunicação distorcida e superficial.

Qualquer pessoa que tenha sua vida afetada de maneira negativa numa relação, no nosso caso com um dependente químico, pode se considerar um codependente. É claro que alguns critérios deveram ser levados em conta, por isso fique atento!

– Dizer sim, quando se quer dizer não;
– Necessita agradar ao outro, mesmo que para isso tenha que passar por cima dos seus valores morais;
– Tenta manter o uso de substâncias de seu familiar sob controle, assim como de seus comportamentos;
– Passa a desenvolver um isolamento social;
– Auto estima fica comprometida;
– Não sente prazer na vida e vive constantemente sob grande pressão;
– Passa a apresentar dificuldades para dormir e manter uma vida saudável;
– A alimentação se torna disfuncional;
– Se sente prisioneiro (a) no relacionamento;
– Tende a manter relações destrutivas;
– Desenvolve crises de ansiedade e por vezes, chega a desenvolver síndrome do pânico;
– Ressentimentos e mágoas tornam-se constantes;
– Visão de túnel, só vivenciando o problema diariamente e deixando de olhar para si;
– Incapacidade de colocar e manter limites para si e para o outro;
– Tenta fugir da realidade e tem medo de falar a respeito do problema;
– Sente muita vergonha da sua vida e dos seus sentimentos e culpado (a) pelos problemas;
– Passa a tomar medicações para dormir e para se acalmar;
– Desenvolve inúmeras doenças devido à somatizações (hipertenção, enxaqueca, problemas na coluna, estômago etc.)
– Negação da própria doença;
– Desespero e ideias de suicídio;
– Perda de suas crenças espirituais;
– Visão distorcida e pessimista da realidade.

Descrevi aqui algumas reações dos codependentes durante a instalação do uso de drogas e a perpetuação do mesmo nas suas relações.

Buscar ajuda nos grupos como o AMOR-EXIGENTE, NAR-ANON OU AL-ANON é fundamental para a mudança. Na CUORE desenvolvemos o tratamento psicológico sobre sua doença e a do seu familiar, complementando o longo e árduo caminho para a recuperação de todos.

Atualmente temos diversos recursos e ferramentas para aqueles que querem sair da situação de dor e desconforto em que se encontram. E os resultados serão de médio ou longo prazo, mas para obtê-los é preciso um primeiro passo. A admissão, a rendição e o pedido de ajuda são a base para a mudança, que propiciará uma nova vida àqueles que realmente desejarem vivenciar o “milagre” chamado recuperação.

Se você gostou deste post curte no seu perfil do facebook.